Revista Diálogo Contábil #3


Publicado por Comunicação CRCBA em 28 de janeiro de 2021

Nesta edição a Diálogo Contábil apresenta textos que propõe uma reflexão no momento que estamos vivendo com tantas transformações sociais, econômicas e de vida. No momento em que todas essas alterações, em sua grande maioria, são impactadas pelos avanços tecnológicos. O tema central desta edição é Contabilidade 4.0 – o futuro da profissão. É um futuro tão presente que deixa de ser futuro e passa ser real em nossas vidas e a própria pandemia provocou uma aceleração não esperada nesta área. O texto produzido pelo Professor Dr. Gerlano, que aborda diretamente o tema central desta edição da Diálogo Contábil, nos leva a um repensar necessário de nossas práticas atuais enquanto profissionais, nos provoca a ter um olhar disruptivo e atento às mudanças que estão sendo apontadas no mundo, pois atinge a contabilidade! Nesse contexto, o profissional do mero fazer encontra-se em extinção. Precisamos partir para o pensar os negócios das empresas e propor alternativas de sobrevivência às mesmas, através dos nossos saberes técnicos e comportamentais que devem ser aprendidos em nossas formações.

Outro desafio que se apresenta é a mudança de mentalidade que o profissional de contabilidade atual precisa ter, sair da inércia e deixar de olhar para o retrovisor e procurar olhar para frente! Compreender que as mudanças são reais e as ferra- mentas tecnológicas disponíveis podem proporcionar uma redução de custos e maior crescimento no negócio, como bem afirma o texto de Maria Lúcia Garcês “para o empresário contábil, a tecnologia é uma grande aliada da escalabilidade, à medida que permite mais agilidade de entrega e novas oportunidades de negócio”. Quando se percebe essa realidade falar de empreendedorismo e o que é ser empreendedor passa ser uma condição essencial no acompanhamento das novas vertentes que se apresenta no mundo empresarial. O Professor Mestre André Luís faz uma afirmativa que reflete esse momento: “Aproveitar as crises e transformá-las em oportunidades já está se tornando cada vez mais comum pelas viabilidades com o uso da tecnologia e as diferentes formas de formalização para conduzir o seu negócio”.

A Leitura desta edição ficou muito prazerosa quando procura também apresentar as pesquisas que estão sendo desenvolvidas no mundo acadêmico e que foram premiadas na XIV Convenção Baiana de Contabilidade, ocorrida em Salvador/BA, em Outubro de 2019 e com temas de muita relevância tais como: Planos plurianuais e suas estruturas; Ações e impactos da lei 8.313/91 no desenvolvimento econômico e social do munícipio de Feira de Santana; pesquisa realiza- da com estudantes de ciências contábeis a respeito do Comportamento oportunista e decisão sob risco e incerteza; a outra pesquisa foi estudar a Lei de Responsabilidade Fiscal: uma avaliação dos gastos com pessoal da região metropolitana de Salvador, Bahia; a Influência dos Fatores Técnicos das Questões do Exame de Suficiência Contábil nos Percentuais de Aprovação e Assertividade; O Uso da Contabilidade na Resolução de Carências Detectadas pela Propect Teory no Campo das Finanças Pessoais; foi discutido também a abordagem na linha da Contabilidade Socioambiental através da Análise do Nível de Divulgação no Setor de Bebidas em Alagoinhas-Ba. Apresenta também uma pesquisa sobre Simples Nacional à Luz das Leis Complementares n. 123/2006 E 155/2016. Depois de fazer uma viagem ao mundo acadêmico com pesquisas fantásticas e com o maior primor e qualidade técnica, a Diálogo Contábil nesta edição termina com a história emocionante do Professor querido por todos nós Ubiratã Batista que tenho a honra de tê-lo como amigo e irmão na fé. Uma história de superação que demonstra que o Amor a Deus e zelo pelo outro nos faz seres humanos diferentes. Concluo esse editorial com muita alegria e não pode- ria deixar de registrar o empenho de toda uma equipe para que essa edição acontecesse na liderança da Vice-presidente Técnica do CRCBA Professora Dra. Sônia Gomes. Convido a todos para aproveitar esses momentos de prazer que é a leitura atenta desta produção com tanta riqueza. Muita paz para todos.

Boa Leitura!

Prof. Dr. Antônio Carlos Ribeiro da Silva – Presidente do CRCBA