EDITORIAL DO PRESIDENTE

O VALOR DA PROFISSÃO CONTÁBIL

Neste editorial, preciso dialogar com os meus pares a respeito de nossa profissão. Não poderia propor esse assunto sem pensar no que durante a história contribuímos para a sociedade onde estamos inseridos. Falar de contabilidade e da profissão sem pensar no seu legado é apagar da memória aquilo que se construiu durante tempo.

Ao pensar nessas questões, gostaria de revisitar a história primitiva, na qual a nossa profissão já se fazia presente, quando os imperadores e reis faziam controle do seu patrimônio. Não podemos pensar no império romano sem contabilidade, ou seja, sem controle, pois eles foram os pioneiros em pensar o livro diário e o livro razão para fazer controle do patrimônio. Chegaram até a criar a profissão de logismógrado, que escritura os fenômenos contábeis.

Assim, a profissão foi ganhando espaço na sociedade, pois o sucesso das empresas somente acontecia quando melhorava o seu controle. O coração da empresa estava no financeiro, que dependia de um maior cuidado e controle. Foi através da profissão de contador que esses controles foram sendo aprimorados ao longo do tempo e a contabilidade foi tendo status de ciência.

Foram os Franceses, pelos idos de 1834, que reconheceram a contabilidade como ciência do patrimônio e, em cada período da história, ela esteve presente em todas as sociedades, proporcionando ações de proteção social e prosperidade às empresas. Através da prosperidade de cada empresa, as nações também prosperaram. A contabilidade, como instrumento de controle, sempre auxiliou o estado e as empresas privadas na gestão de suas riquezas.

Por essas e outras razões, não podemos entender que a profissão contábil será extinta. A mídia confunde procedimentos ou atividades desempenhadas, que com o tempo se mudam, com a extinção de uma profissão. Passam a ser até irresponsáveis com essas alegações. Uma profissão milenar e necessária para a sociedade não será extinta por causa dos avanços tecnológicos e sim aprimorada, criando novas atividades, adaptadas para os novos tempos.

Com a evolução do tempo, o papel do profissional da contabilidade foi ganhando destaque e se tornou muito mais relevante no ambiente corporativo, deixando de fazer mero registro de atos e eventos nos livros contábeis, passando a lançar fatos para assumir um papel fundamental na tomada de decisões empresariais. Esse novo perfil requer conhecimento de novas tecnologias e treinamento intensivo e permanente.

Ao contrário da visão que a mídia construiu, de que a profissão de contabilidade está ligada a atividades mecânicas e de mero preenchimento de guias para pagamentos de tributos, esta se baseia em habilidades criativas que geram informações capazes de auxiliar o gestor na tomada de decisões. No setor público, a contabilidade passa a ser agente de proteção da sociedade.

Se pararmos para refletir, um profissional contábil do início do século não é o mesmo de 50 anos atrás, que tampouco é o mesmo de hoje e certamente não será o mesmo daqui a 20 anos. Mas daí considerar a possibilidade de extinção da profissão é, no mínimo, sem sentido.

Nos últimos 10 anos, a contabilidade em todo o mundo ganhou uma nova perspectiva com a internacionalização de seus procedimentos e, daí em diante, passou a precisar de profissionais melhor qualificados para lidar com temas e operações complexas, que vão surgindo no dia a dia do profissional. Assim, o contador vai ler e interpretar as normas de contabilidade e analisar atos societários, laudos de avaliação, emitir pareceres acertados dos impactos contábeis no negócio das empresas e jamais podemos esquecer que todas as demonstrações geradas devem ter assinatura do profissional devidamente habilidade e ativo no órgão de classe. Será que um robô poderá assinar e se responsabilizar pelos dados que foram informados?

Não temos dúvidas de que a inteligência artificial proporcionará mudanças em todas as profissões, mas de forma positiva, tornando-as mais eficazes, substituindo o trabalho repetitivo e permitindo que o tempo desprendido em certas atividades seja aplicado no desenvolvimento de novas soluções, fazendo que cada vez mais a inteligência humana seja valorizada, e isso não será diferente para a profissão contábil.

 

 
Prof. Dr. Antonio Carlos Ribeiro da Silva (ACR)
Presidente do CRCBA

Anuidade 2019 com 5% de desconto em fevereiro

Profissionais contábeis podem pagar a anuidade 2019 com 5% de desconto, até o dia 28 de fevereiro, de acordo com os valores e condições fixadas pela Resolução CFC N.º 1.533, de 22 de novembro de 2018. Os descontos são válidos para pagamentos em cota única.

OS BOLETOS ENCAMINHADOS VIA CORREIOS SÃO EXCLUSIVAMENTE PARA PAGAMENTO EM COTA ÚNICA, CONFORME ORIENTAÇÃO NO VERSO DA GUIA. 

O profissional ou Organização Contábil poderá parcelar ou gerar a guia cota única acessando o site informando apenas o numero de registro e CPF ou CNPJ conforme o casoImprima seu boleto aqui.

POST_CRCBA

Adote dez passos para prevenir o câncer

Fonte: Minha Vida

Segundo o IBGE, o câncer é a segunda maior causa de mortes no Brasil – sendo responsável por 15,6% dos óbitos -, perdendo apenas para doenças cardiovasculares (como infarto e hipertensão). Isso se deve, principalmente, à maior exposição aos fatores de risco, como o cigarro, alimentação inadequada e o abuso do álcool. Em contrapartida, quem segue uma vida mais saudável consegue prevenir-se e diminuir os riscos de ter a doença. Para estimular a população na luta pelo controle e prevenção, o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) lançou uma cartilha listando os dez passos que afastam a doença.

Conheça quais os hábitos recomendados e por que eles são tão necessários para quem quer evitar um câncer.

1. Não fume

Segundo estatísticas do Inca (Instituto Nacional de Câncer), o tabagismo é a principal causa de câncer evitável no mundo. Ao queimar o cigarro, as consequências são sentidas não apenas por quem fuma, mas também por todos ao seu redor. Para se ter uma ideia, 90% dos casos de câncer de pulmão tem o cigarro como responsável – os outros 10% são decorrentes do fumo passivo. O tabagismo também é o grande culpado por 30% da ocorrência de outros tipos de câncer, como boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero e leucemia.

O cigarro carrega cerca de 4720 substâncias, sendo mais de 400 delas altamente cancerígenas. Algumas delas, como o benzeno, estão ligada ao câncer de fígado e leucemia. Já o alcatrão está diretamente relacionado aos cânceres de pulmão, vias aéreas, brônquios e bexiga. Veja aqui como as substâncias do cigarro afetam o organismo.

2. Não abuse de bebidas alcoólicas

“O álcool aumenta a chance de desenvolvimento de alguns tumores, como intestino, esôfago e fígado. Mas o que mais se nota é que ele potencializa os efeitos do tabaco”, justifica o oncologista Gilberto de Castro Jr., do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp). Ele explica que, por potencializar os efeitos do cigarro, o risco de um tumor localizado nos órgãos afetados pelo fumo é muito maior.

Além disso, estudos científicos têm relacionado o abuso do álcool com outros tipos de câncer. De acordo com a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer, a quantia de 18 gramas (aproximadamente duas doses) de álcool por dia eram suficientes para aumentar significantemente o risco de desenvolver câncer de mama. Com o consumo de 50 gramas diárias, o risco aumenta em 50%. Outro estudo, este realizado pelo Fred Hutchinson Cancer Research Center, especializado em pesquisas sobre câncer nos Estados Unidos, descobriu que as mesmas 50 gramas por dia, em homens, dobram as chances de desenvolver câncer de próstata.

3. Mantenha hábitos de sexo seguro. Use camisinha

Hoje, sabe-se que o papiloma vírus humano (HPV) – doença sexualmente transmissível – é o principal responsável por alguns tipos de câncer como o câncer do colo do útero, vulva, pênis e orofaringe (garganta). Por isso, a importância de praticar sexo seguro e sempre com o uso da camisinha – até mesmo para o sexo oral.

4. Proteja-se contra a hepatite

O sexo seguro também evita os vírus da hepatite B (para a qual há vacina) e da hepatite C, ambos com potencial para levar ao câncer de fígado. O uso da camisinha, além de reduzir as chances de cânceres no sistema reprodutor e orofaringe, também pode proteger seu fígado. Isso porque, explica Gilberto de Castro Jr., a hepatite B também é sexualmente transmissível. “Esse tipo de hepatite pode levar à cirrose e evoluir para um câncer do fígado”, conta. No caso da hepatite C, o contágio costuma acontecer por contato sanguíneo, mas ela é igualmente um fator de risco a esse tipo de câncer.

5. Evite o consumo excessivo de açúcares, de gorduras, de carne vermelha, de porco e das processadas. Invista em uma dieta saudável, rica em verduras, legumes e frutas

O açúcar, explica o nutrólogo Roberto Navarro, não tem relação direta com os diversos tipos de câncer. No entanto, quando é consumido em excesso, faz o organismo liberar muita insulina para metaboliza-lo. “A insulina muito alta aumenta a produção de uma substância chamada citocina pró-inflamatória. Aqui, está a relação com o câncer. Quanto maior a quantidade dessa substância, maiores as chances de câncer.”

Em relação às frutas, legumes e verduras, elas são ricas em fibras, o que, segundo o oncologista Gilberto de Castro Jr., protege o intestino contra o câncer.

6. Evite o consumo de alimentos ricos em sódio e conservantes

Os alimentos processados – o que incluem enlatados e embutidos como mortadela, presunto, salame, mortadela, bacon e salsicha -, são ricos em uma substância chamada nitrosamina, que é cancerígena. Por isso, lembra o nutrólogo Roberto Navarro, é importante que esse tipo de alimento seja evitado ao máximo, assim como fast foods que, em geral, são ricos em processados.

Essa correlação já foi estudada pelo National Cancer Institute, nos Estados Unidos, que descobriu que os conservantes contidos nos embutidos, em especial o nitrato e o nitrito, são uma das causas do câncer de bexiga. Isso porque eles passam direto pela urina e podem interferir no tecido da bexiga, ajudando a desenvolver o câncer neste órgão.

7. Cuidado com o sol. Use filtro solar diariamente e evite a exposição entre 10h e 16h

Os raios UVA e UVB, emanados pelo sol, são os responsáveis pelas alterações celulares que levam ao câncer de pele. Por isso proteger-se do sol é algo tão importante na luta contra o câncer. Além do protetor solar – que, alerta Gilberto de Castro Jr., deve ter o mínimo de fator 20 -, é preferível tomar sol apenas antes das 10h e depois das 16h e não abrir mão de barreiras físicas, como chapéus, guarda-sol, bonés e óculos escuros.

8. Pratique atividades físicas todos os dias. A recomendação é de que o exercício tenha duração mínima de 30 minutos

A prática de atividades físicas promove um bem geral ao organismo e também protege contra o câncer. Roberto Navarro conta que isso se deve graças à capacidade, em especial de exercícios aeróbicos, de diminuir a circulação das citocinas pró-inflamatórias em nosso organismo.

Alguns estudos preveem esse benefício. Um deles, publicado no Journal of the National Cancer Institute, diz que adolescentes que praticam exercícios físicos estão mais distantes do câncer de mama. Neste caso, isso acontece porque os exercícios são capazes de reduzir os níveis de estrogênio, hormônio que tem sido relacionado ao risco de câncer.

9. Mantenha-se atento à sua saúde Procure assistência especializada caso note qualquer anormalidade em seu corpo

Sabemos que o nosso corpo dá sinais quando algo não está certo. Isso também vale para casos de câncer. É importante que se preste atenção no corpo, pois só assim é possível notar a presença de algum caroço estranho, uma íngua, mancha na pele ou outro sinal. O oncologista do ICESP aconselha que, ao sinal de algo fora do usual, um médico seja procurado.

10. Faça um check-up anual

É importante realizar todos os exames de diagnóstico precoce indicados pelo seu médico.

Existe uma série de exames que são fundamentais na hora de detectar os diversos tipos de cânceres. Entre eles, Gilberto de Castro Jr. lembra da mamografia, que deve ser feita a partir dos 50 anos para detectar o câncer de mama ou a coleta do PSA – exame de sangue que pode detectar câncer de próstata.

CFC prorroga prazo para prestar contas ao Programa de Educação Profissional Continuada (PEPC) até 28/2

Excepcionalmente em 2019, os profissionais terão até o dia 28 fevereiro para prestar contas para o Programa de Educação Profissional continuada (PEPC).

Comunicado_EPC_2

ASSISTA AO VÍDEO TUTORIAL DO SISTEMA EPC CFC 2019

Encontro Nacional da Mulher Contabilista

Por Comunicação CFC

A equidade de gênero caminha a trilha da realidade na classe contábil. As mulheres já somam 42% dos profissionais do País e os números não param de crescer. Para consagrar a história do empoderamento feminino na classe contábil, o Conselho Federal de Contabilidade realizará, em 2019, o XII Encontro Nacional da Mulher Contabilista.

O lançamento do encontro será promovido, nesta sexta-feira (19), em Porto de Galinhas (PE), conhecida como a cidade do Sol, que sediará o evento no ano que vem.

A cada edição, os Encontros Nacionais da Mulher Contabilista vão crescendo e conquistando um público mais expressivo.

Do primeiro evento realizado no Rio de Janeiro (RJ) (1991), passando por Salvador (BA) (1992), Maceió (AL) (1999), Belo Horizonte (MG) (2003), Aracaju (SE) (2005), Florianópolis (SC) (2007), Vitória (ES) (2009), Caldas Novas (GO) (2011), Santos (SP) (2013) e Foz do Iguaçu (PR) (2015), a proposta de discutir temas da área contábil e de interesse geral, com enfoque principal no universo feminino, consolidou-se entre a classe e conquistou espaço cativo no calendário de eventos contábeis.

Serviço:
XII Encontro Nacional da Mulher Contabilista
Data: 11 a 13 de setembro de 2019
Local: Auditório do Enotel  | Rod. PE-09 s/n Porto de Galinhas – Pernambuco | Brasil
Idealização: Conselho Federal de Contabilidade (CFC)
Realização:  Conselho Regional de Contabilidade de Pernambuco (CRCPE)
Organização: Academia Pernambucana de Ciências Contábeis (Apecicon)

Programação e Inscrições: enmc.cfc.org.br 

Agenda de Educação Continuada

QUARTAS DO CONHECIMENTO - WORKSHOP PARA SÍNDICOS E GESTORES DE CONDOMÍNIOS - SALVADOR:
Data: 13/02/2019 - Local: SEDE DO CRCBA

 

Cursos online CRCBA – clique aqui e acesse

 

Cursos online CRCSP (convênio) – clique aqui e acesse

convenio-CRCSP_Prancheta 1

 

Notas de Falecimento

Comunicação CFC - É com profundo pesar que comunicamos o falecimento da colaboradora do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) Maria Bárbara Lopes Magalhães, 63 anos,  na tarde da última quinta-feira (31).

Com dedicado e incansável trabalho prestado ao CFC, ao longo de 23 anos de Casa, Maria Bárbara era muito compromissada e querida por todos.

Por todos esses anos de dedicação ao Conselho Federal de Contabilidade, reconhecemos a importância do legado em nossa instituição.

Rogamos a Deus que conforte o coração de toda a família e dos amigos da querida Maria Bárbara Lopes.

Feira de Santana

É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do profissional contábil Pedro Santos de Souza, de Feira de Santana - Bahia, no dia 27 de janeiro. Rogamos à Deus para que familiares e amigos sejam confortados pelo misericórdia divina.

 

ÁREA FEDERAL

INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1870, DE 29 DE JANEIRO DE 2019 - (Publicado(a) no DOU de 30/01/2019, seção 1, página 54)
Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.312, de 28 de dezembro de 2012, que dispõe sobre os preços a serem praticados nas operações de compra e de venda de bens, serviços ou direitos efetuadas por pessoa física ou jurídica, residente ou domiciliada no Brasil, com pessoa física ou jurídica residente ou domiciliada no exterior, consideradas vinculadas.

INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1869, DE 25 DE JANEIRO DE 2019 - (Publicado(a) no DOU de 28/01/2019, seção 1, página 84)
Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.500, de 29 de outubro de 2014, que dispõe sobre normas gerais de tributação relativas ao Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas.

INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1868, DE 25 DE JANEIRO DE 2019 - (Publicado(a) no DOU de 28/01/2019, seção 1, página 84)
Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.332, de 14 de fevereiro de 2013, que estabelece normas relativas à Contribuição para o Plano de Seguridade Social do Servidor (CPSS).

Instrução Normativa RFB nº 1867, de 25 de janeiro de 2019 - (Publicado(a) no DOU de 28/01/2019, seção 1, página 64)
Altera a Instrução Normativa RFB nº 971, de 13 de novembro de 2009, que dispõe sobre normas gerais de tributação previdenciária e de arrecadação das contribuições sociais destinadas à Previdência Social e das destinadas a outras entidades e fundos, administradas pela Secretaria da Receita Federal do Brasil.

PORTARIA RFB Nº 59, DE 30 DE JANEIRO DE 2019 - (Publicado(a) no DOU de 01/02/2019, seção 1, página 28)
Altera a Portaria RFB nº 3.010, de 29 de junho de 2011, que estabelece critérios e condições para destinação de mercadorias abandonadas, entregues à Fazenda Nacional ou objeto de pena de perdimento, e a Portaria RFB nº 2.206, de 11 de novembro 2010, que regulamenta o leilão, na forma eletrônica, para venda de mercadorias apreendidas ou abandonadas.

PORTARIA RFB Nº 110, DE 31 DE JANEIRO DE 2019 - (Publicado(a) no DOU de 01/02/2019, seção 1, página 28)
Altera a Portaria RFB nº 1.639, de 22 de novembro de 2016, que “Estabelece procedimentos para disponibilização de dados de que trata o Decreto nº 8.789, de 29 de junho de 2016”.

PORTARIA RFB Nº 109, DE 31 DE JANEIRO DE 2019 - (Publicado(a) no DOU de 01/02/2019, seção 1, página 28)
Dispõe sobre decisão no recurso de que trata o art. 21, caput, do Decreto nº 7.724, de 16 de maio de 2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA SERFB Nº 1869, DE 25 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 28/01/2019
Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.500, de 29 de outubro de 2014, que dispõe sobre normas gerais de tributação relativas ao Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas.

INSTRUÇÃO NORMATIVA SERFB Nº 1867, DE 25 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 28/01/2019
Altera a Instrução Normativa RFB nº 971, de 13 de novembro de 2009, que dispõe sobre normas gerais de tributação previdenciária e de arrecadação das contribuições sociais destinadas à Previdência Social e das destinadas a outras entidades e(...)

ÁREA ESTADUAL

Não foram publicadas novidades desta seção durante o período de edição desta edição.

ÁREA MUNICIPAL

PORTARIA Nº 009/2019 - DOM DE 19 A 21/01/2019
Aprova as atividades e tarefas, e suas respectivas pontuações para aferição da Gratificação de Produção, conforme estabelece o art. 10 do Decreto nº 30.452, de 07 de novembro de 2018, na forma que indica.

PORTARIA Nº 008/2019 - DOM DE 19 a 21/01/2019
Altera dispositivos da Portaria nº 122/2016 que delega competência para deliberar sobre decisões em processos administrativos, no âmbito Secretaria Municipal da Fazenda, na forma que indica.

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEFAZ/DRM Nº 01/2019 - DOM DE 29/01/2019
Dispõe sobre o sorteio de prêmios para tomador de serviço identificado na NFS-e, na forma que indica

MINISTÉRIO DA FAZENDA-RECEITA FEDERAL DO BRASIL
Consultas Públicas, Decisões, Soluções de Consultas, Divergências etc.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 27, DE 18 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 31/01/2019
ASSUNTO: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 11, DE 04 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 30/01/2019
ASSUNTO: Simples Nacional.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 32, DE 23 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 30/01/2019
ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS.

SOLUÇÃO DE DIVERGÊNCIA COSIT Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 29/01/2019
ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O PIS/PASEP.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 4, DE 03 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 29/01/2019
ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 30, DE 21 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 29/01/2019
ASSUNTO: CONTRIBUIÇÃO PARA O FINANCIAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL - COFINS.

SOLUÇÃO DE CONSULTA DISIT/SRRF08 Nº 8048, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2018 - DOU 25/01/2019
Assunto: Imposto sobre a Renda Retido na Fonte - IRRF.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 31, DE 23 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 25/01/2019
ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 288, DE 26 DE DEZEMBRO DE 2018 - DOU 02/01/2019
ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 35, DE 23 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 25/01/2019
ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS.

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT Nº 3, DE 03 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 24/01/2019
ASSUNTO: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS.

NOTÍCIAS CONTÁBEIS TRIBUTÁRIAS
Artigos

Prorrogado o prazo para as grandes empresas utilizarem a GRF e a GRRF
Foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 31-1, a Circular 843, de 29-1-2019, que revoga a Circular 832 Caixa, de 30-10-2018, que dispõe sobre a geração e a arrecadação das guias do FGTS durante o período de adaptação ao eSocial. Fonte: COAD/Portal eSocial.

Exame de Suficiência aprova mais de 26 mil candidatos em 2018
Brasília - A contabilidade no Brasil, reconhecida mundialmente, é composta por mais de 522 mil profissionais registrados  que atuam em todos os estados brasileiros. Os dados são da área de Registro do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) que é responsável pela aplicação do Exame de Suficiência, dispositivo necessário para a obtenção do registro profissional. Fonte: CFC.

Aposentados e pensionistas a partir de 60 anos terão que agendar prova de vida
Os bancos continuarão a realizar a prova de vida de aposentados e pensionistas do INSS, mesmo após as mudanças a serem aplicadas pelo governo no procedimento, informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Fonte: Jornal do Comércio.

Transição de Regime Tributário – eSocial
UMA EMPRESA QUE ATÉ 31/12/2018 ERA ENQUADRADA NO REGIME TRIBUTÁRIO LUCRO PRESUMIDO E QUE, A PARTIR DE 01/01/2019, PASSOU A SER TRIBUTADA PELO O REGIME SIMPLES NACIONAL DEVERÁ ENVIAR OS EVENTOS DA 3ª FASE AGORA EM JANEIRO/2019 OU APENAS EM JULHO/2019, JÁ QUE A OBRIGATORIEDADE DO 3º GRUPO PARA ESSA FASE SERÁ A PARTIR DE 10/07/2019? AS FASES CUJOS EVENTOS JÁ FORAM ENVIADOS (1ª E 2ª) SOFRERÃO ALTERAÇÕES? Fonte: Blog Guia Trabalhista.

Planejamento tributário: os 5 erros que vão mascarar seu resultado
O Brasil faz parte do grupo de países com a maior média de cobrança de imposto sobre a renda por empresas. Pelo menos é o que indica uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI), em parceira com a consultoria Ernest Young. Fonte: Contabilidade na TV.

Prorrogado Prazo para Utilização Obrigatória da Nova Guia do FGTS/eSocial
Através da Circular CAIXA 843/2019, foi prorrogado, até a competência julho/2019 (vencimento 07.08.2019), o prazo de recolhimento do FGTS mensal, por meio da GRF – Guia Recolhimento FGTS, emitida pelo Sefip, para as Entidades Empresariais com faturamento acima de R$ 78 milhões em 2016 (1º Grupo do eSocial). Fonte: Blog Guia Contábil.

CARF nega tributação de prejuízo fiscal utilizado em refinanciamento
O uso de prejuízos fiscais de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e de base de cálculo negativa de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) em programas de refinanciamento de débitos (Refis) não pode ser considerado acréscimo patrimonial. Fonte: Tributanet.

4 exemplos de modelos de negócios que você pode usar no seu
O que parece absurdo inicialmente pode ser um caminho para o sucesso. Fonte: Administradores.

Compliance: um caminho para a governabilidade
Artigo O anúncio das medidas, feito pelo novo Governo, para os 100 primeiros dias deste ano retratam o discurso de campanha que enfatizou o combate à corrupção, a melhoria do ambiente regulatório e a amplificação da desburocratização, visando facilitar o desenvolvimento do País. Já se percebe, sem dúvida, que os acontecimentos recentes referentes a esquemas de corrupção e a busca(...). Por Zulmir Breda - presidente do CFC.

LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA SOCIEDADE CIVIL

Durante o período de apuração dessa edição do CRCBA Notícias, não foram publicadas novidades desta seção.

LEGISLAÇÃO CONTÁBIL E SOCIETÁRIA

Durante o período de apuração dessa edição do CRCBA Notícias, não foram publicadas novidades desta seção.

 

NOTÍCIAS TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS

CIRCULAR CAIXA N° 843, DE 29 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 31/01/2019
Dispõe sobre os procedimentos pertinentes à geração e arrecadação da guia de recolhimento mensal e rescisório do FGTS durante período de adaptação à obrigatoriedade à prestação de informações pelo eSocial.

ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC Nº 1 DE 28 DE JANEIRO DE 2019 - DOU 29/01/2019
Dispõe sobre os procedimentos a serem observados para o preenchimento da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do tempo de serviço e Informações à Previdência Social (GFIP) pelos produtores rurais e pelos adquirentes de produção rural de pro(...).


CRCBA realizou Fórum do Relatório de Gestão e Planejamento Estratégico de 2019

presidente-ACR-web
Presidente Antonio Carlos reforçou a importância das práticas de governança e transparência para alcançar uma gestão eficaz do CRCBA.

Na quarta-feira (30/01), o CRCBA reuniu membros de sua diretoria e coordenadores e encarregados para a realização do Fórum do Relatório de Gestão e Planejamento Estratégico do CRCBA para 2019. O fórum atende ao objetivo de debater as informações prestadas pelos setores do CRCBA para o relatório de gestão anual e produzir as prestações de contas do exercício de 2018 no modelo de relato integrado, que atende às determinações do Tribunal de Contas da União – TCU para a melhoria na qualidade das informações e nas práticas de transparência e governança.

treinamento-relato-web
Membros do conselho diretor, diretoria executiva e coordenadores debateram estratégias para o planejamento de 2019.

vp-andre-web
O vice-presidente de Administração e Finanças, André Luís Barbosa, falou sobre a necessidade de um trabalho integrado entre todos os setores para o alcance das metas.

O presidente Antonio Carlos da Silva apresentou o panorama do relato integrado, de acordo com as informações adquiridas no Seminário do Relatório de Gestão no formato do Relatório Integrado do Sistema CFC/CRCs, realizado em Brasília, de 08 a 10 de janeiro deste ano, e ministrou a palestra “Orientações para desenvolvimento da técnica de Construção de Estratégia – 2019”. O fórum contou com as presenças do vice-presidente de Administração e Finanças, André Luís Barbosa dos Santos, da vice-presidente Técnica, Sonia Maria Gomes da Silva, da superintendente de Delegacias, Maria do Socorro Galdino Moreira, e dos conselheiros Edson de Jesus França e Ubiratã Batista Pereira.

apresentação-direx-web
A diretora executiva Litânia Azevedo explanou sobre as principais informações que devem compor o Relato Integrado.

Os coordenadores e encarregados, responsáveis pelo planejamento e informações gerenciais dos setores do CRCBA, como Registro, Fiscalização, Desenvolvimento Profissional e Institucional, Desenvolvimento Operacional, Recursos Humanos, Contabilidade, Controle Interno, dentre outras, apresentaram os resultados de 2018 e participaram de oficina para elaboração de estratégias que atendam aos objetivos estratégicos do CRCBA para o ano de 2019.

CRCBA nomeia nova vice-presidente de Registro e Cadastro

conselho-diretor1

O CRCBA realizou sua primeira reunião plenária de 2019 na manhã desta terça-feira (29/01), quando houve a nomeação da conselheira Mércia Cristina Andrade Dias como a nova vice-presidente de Registro e Cadastro. O vice-presidente Antonio José Salles da Silva havia abdicado ao cargo por questões pessoais. A conselheira Mércia foi a única candidata ao cargo, sendo aclamada por unanimidade pelo plenário do Conselho.

plenaria

Desde a última sexta-feira (25/01), o Conselho realiza as reuniões de câmara mensais, quando são deliberadas as pautas e realizados os julgamentos de processos do Órgão.

Graduações e pós-graduações Cairu

Cartaz A3 - Cairu - Graduacao 19-1

Cartaz A3_pos_cairu_descontos2019

Siga o CRCBA no Instagram!