SEMINÁRIO CONTÁBIL, FISCAL E DE AUDITORIA – AS GRANDES ALTERAÇÕES PARA 2016


No dia 11 de julho, aconteceu o Seminário Contábil-Fiscal e de Autoria com o tema: As grandes alterações para 2016” no Hotel Vila Galé, em Salvador-BA. O seminário foi realizado pela Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), com o apoio do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Conselho Regional de Contabilidade do Estado da Bahia (CRCBA), Academia Baiana de Ciências Contábeis (ABACICON) e Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (IBRACON).


O presidente do CRCBA, Antônio Nogueira, fez a abertura do evento ressaltando a importância da atualização dos profissionais da contabilidade – “é necessário capacitar os profissionais da contabilidade e da auditoria para que apliquem as novas regras da legislação contábil-fiscal e de auditoria, obrigatórias para 2016”, comenta o presidente do CRCBA. Na oportunidade, o presidente Antônio Nogueira agradeceu a presença das autoridades de outros estados, que se fizerem presentes para prestigiar o evento.


O presidente da FBC, Juarez Dominguez agradeceu ao presidente Antônio Nogueira e aos demais apoiadores do evento, destacando a participação dos profissionais da contabilidade interessados no processo de capacitação profissional. Foi moderador no último painel “Desafios atuais e futuros da contabilidade”. No término do evento destacou que a principal finalidade do seminário foi atualizar os profissionais das áreas contábil, fiscal e de auditoria dentro do programa de educação continuada e encerrou o dia de palestras agradecendo aos presentes e o apoio do CRCBA, IBRACON, CFC e ABACICON, que fez com que o evento acontecesse pela primeira vez na Bahia e com tanto sucesso. Confira abaixo o depoimento dos palestrantes sobre o seminário.


Idésio Coelho, Presidente da Diretoria Nacional do IBRACON, ministrou o painel: Novo Relatório do Auditor Independente.


O IBRACON - Instituto dos Auditores Independentes do Brasil tem trabalhado para divulgar as mudanças no relatório do auditor independente para os públicos de interesse como investidores, preparadores das demonstrações contábeis, reguladores, membros da governança, entre outros.
O novo relatório do auditor independente passa a ser aplicado para as auditorias do exercício a findar-se em 31 de dezembro de 2016 e traz mudanças significativas no formato e conteúdo de maneira a torná-lo mais relevante para os usuários. As mudanças mais significativas estão vinculadas com o maior detalhamento das responsabilidades do auditor independente e da administração, uma declaração explicita sobre aspectos de independência do auditor e dos padrões éticos aplicáveis, uma seção especifica sobre a relação do auditor sobre continuidade operacional, uma seção descrevendo a responsabilidade do auditor em relação a Outras Informações (ex: relatório de administração) e, para as entidades listadas, uma descrição dos Principais Assuntos de Auditoria que trará comentários específicos sobre temas relevantes analisados pelo auditor durante seu trabalho.
 Apesar de não haver mudanças com relação ao escopo do trabalho de auditoria, será necessária uma comunicação mais constante e eficiente entre os auditores, a administração e os órgãos de governança corporativa das entidades ao longo do trabalho e também empenho adicional na preparação e discussão de um relatório com conteúdo específico ao invés de um conteúdo padronizado. Essas mudanças tendem a enriquecer a discussão entre o auditor e a entidade, especialmente sua governança no debate dos riscos identificados pelo auditor e sua abordagem planejada para mitigar tais riscos.


Eduardo Pocetti, Presidente do Conselho de Administração da IBRACON, proferiu palestra sobre NBCP 12 – Educação Continuada para Auditores e Contadores.
Tudo muito bem organizado. Os temas discutidos foram muito oportunos para a atualização profissional dos contadores e auditores. Coube a mim falar sobre a profissão do auditor independente e sobre o Ibracon, a missão e desafios desse Instituto em defesa e divulgação da profissão.


Professor Francisco Aguiar, e também Auditor e Diretor de Tecnologia do Instituto Sescap, falou sobre Práticas Contábeis e Fiscais

O Seminário foi muito proveitoso, pois discutiu temas atuais sobre a atuação da Auditoria. Em relação a minha participação foi demonstrado como a RFB vem se especializando cada vez mais, o que demanda da parte dos contribuintes uma maior atenção nos preenchimentos das declarações que são enviadas ao fisco federal.

Dentre as autoridades presentes estavam: presidente da FBC, Juarez Dominguez; Wellington Cruz, vice-presidente de Desenvolvimento Profissional e Institucional do CRCBA; José Campos, presidente do CRC do Estado de Pernambuco; presidente do SESCAP, Altino Alves; presidente da IBRACON-BA, Antomar de Oliveira Rios; vice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento; vice-presidente da Academia Técnica do CRCPE, Claudio Lino; presidente do SINDICONTA-BA, Marco Moura; presidente do CRCSE, Ângelo Dantas; presidente do CRCRN, Maria Loide de Souza; presidente da Academia Pernambucana de Ciências Contábeis, Francisco de Assis Galvão; presidente do Conselho Fiscal da ABACICON, Sudário Aguiar Cunha; coordenadora Adjunta da Câmara de Registro CFC, Maria Constança Carneiro Galvão e conselheiros do CRCBA.